PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Anual com desconto

R$ 406,80

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 22,90

A partir de 3 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


* Apenas para pessoa física

Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
plano de saúde dentário

plano de saúde dentário

plano de saúde dentário

Entenda como funciona o plano de saúde dentário

Ir aos consultórios odontológicos é um costume que faz parte da necessidade básica do ser humano, pois uma saúde bucal de qualidade é o que permite às pessoas a realização de atividades simples e complexas, como mastigar e trabalhar. Com isso, em busca de mais comodidade e facilidade, os indivíduos têm buscado cada vez mais a adesão a um plano de saúde dentário.

Dessa maneira, para prevenir e tratar doenças ou problemas bucais, a contratação de um plano de saúde dentário é a opção mais indicada. Com ele, o beneficiário tem a possibilidade de cuidar do modo correto da saúde oral por meio de inúmeros procedimentos odontológicos oferecidos. Nesse contexto, devem ser analisados corretamente cada uma das opções disponíveis para escolher a que tenha o melhor custo-benefício.

É fundamental mencionar ainda que o cuidado com a saúde bucal é algo que não pode ser negligenciado, já que afeta o funcionamento de todo o corpo. Até porque, uma aparentemente inofensiva e simples dor de dente pode se agravar rapidamente e impossibilitar o paciente de continuar com atividades diárias. Por isso, é recomendável a contratação do plano de saúde dentário.

Benefícios do plano de saúde dentário

Nos dias de hoje, devido aos custos mais acessíveis, o plano de saúde dentário está se popularizando entre os brasileiros. Dados inclusive apontam que mais de 25 milhões de pessoas no Brasil já contam com algum tipo de plano de saúde dentário. Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), esse número pode ir para 50 milhões nos próximos cinco anos. Então, os indivíduos, cada vez mais, irão buscar tratamento em clínicas conveniadas pelo plano de saúde dentário que contrataram.

Dessa maneira, ao longo dos últimos anos, constatou-se um aumento significativo em relação à procura dos indivíduos pelo plano de saúde dentário. Dessa forma, as clínicas começaram a oferecer novos procedimentos com o objetivo de cuidar corretamente da saúde bucal dos pacientes.

Por meio de um custo mais acessível e da conscientização da população sobre a necessidade de cuidar adequadamente da saúde oral, a contratação do plano de saúde dentário tem se popularizado ainda mais. Além do mais, já existem diferentes tipos de convênios voltados para indivíduos de várias idades, necessidades e rendas mensais. Com isso, é possível ter acesso a diversos benefícios, como:

  • Tempo de carência reduzido em relação aos planos de saúde comuns;

  • Cobertura em todo o território nacional;

  • Equipes altamente capacitadas e qualificadas;

  • Acesso à urgência e emergência disponíveis 24h;

  • Custo-benefício mais atraente em comparação ao preço de consultórios particulares.

Procedimentos mais procurados pelo plano de saúde dentário

De maneira geral, a principal razão pelo qual os indivíduos buscam um consultório odontológico é o aparecimento da cárie. Depois dela, estão as doenças periodontais, como a gengivite e periodontite. Ambas podem ser facilmente evitadas se o paciente estiver mantendo um cuidado diário com a saúde bucal.

Sendo assim, existe a higienização. A profilaxia feita no consultório odontológico consegue remover as placas bacterianas, invisíveis a olho nu, e as placas bacterianas calcificadas, que são mais conhecidas como tártaro. A limpeza promove a manutenção ideal da saúde bucal e também evita o aparecimento de problemas ou doenças bucais mais graves.

Além do mais, há a periodontia. Também conhecida como tratamento de gengiva, a periodontia tem a meta de desinflamar a região da gengiva, que pode ter desenvolvido a gengivite ou periodontite. Para isso, o especialista faz a higienização nos dentes, removendo tártaros e placas bacterianas invisíveis a olho nu. Caso a gengiva esteja muito inflamada, o profissional pode também prescrever antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar a dor do paciente e acelerar a recuperação do quadro clínico dele.

Enquanto isso, quando o usuário estiver com uma cárie que não é tratada logo no início, ela pode começar a se desenvolver e chegar até a raiz do dente, alcançando a dentina e causando a necessidade de realizar a endodontia, popularmente chamada de tratamento de canal. Esse tratamento envolve a abertura de um buraco no dente, com o uso de uma broca, inserção de uma pequena agulha na área e retirada da polpa infectada. Sendo assim, o dentista consegue descontaminar a região e limpar o canal. Após esse procedimento, ele fecha o canal com um cimento odontológico, que é feito de hidróxido de cálcio, e fecha o dente com uma resina composta ou de porcelana para os dentes da frente e ligas de prata ou ouro para dentes de trás.

Por fim, um tratamento bastante procurado pelo plano de saúde dentário é o tratamento para mau hálito. Sendo assim, para que o especialista consiga tratar a halitose do paciente, inicialmente ele precisa saber a causa do seu surgimento, promovendo uma análise geral da boca do paciente, pedindo informações sobre os seus hábitos e históricos de doenças, além de solicitar exames clínicos. Depois da conclusão do diagnóstico, o profissional consegue indicar o melhor tratamento para o caso do paciente ou o encaminha para um especialista se o mau hálito for proveniente de um fator extrabucal.

Cobertura normal do plano de saúde dentário

Com a adesão ao plano de saúde dentário, o cliente pode conquistar o costume de frequentar o dentista com maior frequência, evitando assim o desenvolvimento de problemas e doenças bucais que afetam a qualidade de vida como um todo.

No entanto, por mais que exista um grande número de especialistas no país, não são todas as pessoas que acreditam ser importante procurá-los no tempo indicado, ou seja, pelo menos duas vezes por ano. Isso acontece porque o custo das consultas e tratamentos em clínicas particulares pode ser bem elevado, então o plano de saúde dentário aparece como uma alternativa com um custo-benefício atraente para o usuário.

Cada convênio oferece a cobertura de tratamentos odontológicos de acordo com o valor pago pelo cliente, mas, ainda assim, geralmente, o usuário que contrata um plano de saúde dentário possui a cobertura dos principais procedimentos da área, como:

  • Próteses e profilaxia (limpeza);

  • Cirurgias de pequeno porte;

  • Endodontia (tratamento de canal), periodontia (tratamento de gengiva) e tratamento da halitose (mau hálito);

  • Ortodontia, incluindo inserção, manutenção e retirada de aparelho.

Cobertura do plano de saúde dentário estipulada pela ANS

Como já foi mencionado anteriormente, cada plano de saúde dentário possui uma cobertura estipulada, mas, é essencial mencionar que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) exige uma lista mínima de procedimentos com os quais todos os convênios precisam arcar.

Nesse sentido, estão incluídas as radiografias oclusais, que servem para estudar o nascimento e desenvolvimento do dente, radiografia periapical (exame de coroas, raízes e ossos dos dentes) e radiografia bite-wing, cujo objetivo é ver o alinhamento entre as arcadas dentárias.

Ainda há os tratamentos de nível baixo, em que estão incluídas a consulta inicial para avaliação, aplicação de flúor, remoção de tártaro, profilaxia (limpeza), restauração e tratamento de cáries, enquanto os tratamentos de nível médio envolvem os curativos e suturas, periodontia (tratamento e cirurgia da gengiva), colagem de fragmentos. Por fim, existem os tratamentos de nível alto, que incluem a exodontia (extração dos dentes), endodontia (tratamento de canal), biópsia e cirurgias de pequeno porte.

Tipos existentes de plano de saúde dentário

Como apontado pela última pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Odontologia, existem 307 mil dentistas no Brasil, no qual a média gira em torno de 676 brasileiros para cada profissional. Com isso, muitos estão credenciados ao plano de saúde dentário, que possibilita muito benefícios aos clientes.

Afinal, o usuário consegue o usuário ter acesso à maior comodidade e facilidade para marcar exames e consultas, diagnosticar e cuidar de problemas ou doenças bucais, além de também preveni-las com o auxílio de equipes altamente capacitadas. Nesse sentido, podem ser selecionadas as seguintes modalidades de plano de saúde dentário:

  • Plano odontológico familiar: para cuidar da saúde bucal de toda a família, é recomendável contratar o plano odontológico familiar, já que é possível incluir os filhos, o casal e até mesmo os pais e as mães das pessoas que vão contratar o plano de saúde dentário. Essa é uma opção recomendada para quem deseja incluir os membros da família num plano odontológico. No entanto, para que se torne viável financeiramente, é importante analisar o perfil dos possíveis dependentes, como idade, estilo de vida e doenças pré-existentes. Todas essas características tanto podem baratear quanto elevar o preço mensal ou anual do plano odontológico familiar, então é necessário analisar essa opção com cuidado;

  • Plano odontológico coletivo por adesão: nesse caso, os beneficiários costumam ser sindicatos e associações de determinadas profissões. Com isso, essa modalidade do plano leva em conta as características do grupo como um todo e não dos indivíduos;

  • Plano odontológico individual: essa modalidade de convênio possibilita ao sujeito realizar diferentes tipos de procedimentos que estão cobertos no plano de saúde dentário. Esse tipo de convênio é indicado para quem não quer incluir outras pessoas e não tem um convênio da empresa. Entretanto, ele costuma ser um dos tipos de convênios mais caros;

  • Plano odontológico empresarial: sendo contratado por uma empresa pública ou privada, essa modalidade de plano se revela bem econômico e pode ser descontado diretamente na folha de pagamento do pagamento, que pode ser adquirida por empresas de pequeno, médio e grande porte. Assim, o beneficiário não tem nenhum contato com boletos ou burocracias, pois é a própria empresa ou alguma empresa terceirizada se encarrega da responsabilidade.

Como escolher um plano de saúde dentário de qualidade

Ter as dentições perfeitos é o foco de muitos indivíduos que dão prioridade para a aparência e a saúde da região oral. Nesse quesito, o ideal é procurar ajuda pelo plano de saúde dentário, já que o dentista é o profissional mais indicado para manter a saúde da cavidade interna da boca de qualidade ao mesmo tempo em que promove um sorriso agradável em relação à estética. Além disso, os convênios possibilitam que o beneficiário possa cuidar da saúde bucal sem gastar muito dinheiro com isso.

Dessa maneira, para escolher o plano de saúde dentário ideal, é essencial avaliar algumas questões, como a reputação das opções do convênio, a opinião dos usuários que contrataram os planos analisados, a quantidade de cobertura dos procedimentos odontológicos e o valor mensal ou anual cobrado pelos convênios.

Tratamentos estéticos cobertos pelo plano de saúde dentário

Além de existirem tratamentos odontológicos corretivos e preventivos, o plano de saúde dentário também pode fornecer tratamentos estéticos. Nesse caso, existem as seguintes opções:

  • Aparelho estético: essa modalidade de aparelho tem a mesma função do aparelho fixo comum, que é a de mover os dentes ou ossos com o objetivo de alinhar a arcada dentária. Por ser mais sutil, ele é a opção preferida para adultos que se sentem constrangidos ao utilizar os chamativos bráquetes coloridos. Nesse caso, podem ser escolhidos os aparelhos de policarbonato, safira ou porcelana;

  • Aparelho lingual: também chamado de aparelho interno, o aparelho lingual conta com a estrutura do aparelho fixo metálico, mas é posicionado atrás dos dentes, em contato com a língua e não com os lábios, sendo quase imperceptível. Por outro lado, essa opção não é muito acessível, já que o preço pode custar até quatro vezes mais que o aparelho fixo metálico;

  • Aparelho invisível: conhecido como aparelho transparente, o aparelho invisível pode ser removido com facilidade e fabricado com acetato transparente, sendo considerado uma das opções mais sutis do mercado odontológico, mas é indicado somente para os casos ortodônticos mais simples e de curta duração;

  • Clareamento dental: esse tratamento estético se tornou um dos procedimentos mais buscados nos consultórios odontológicos. Até porque, um sorriso branco, perfeitamente alinhado e harmônico é o desejo de muitas pessoas que se preocupam com a aparência. Assim, podem ser feitos o clareamento caseiro, a laser, LED ou farmácia.

Como funciona o aparelho transparente na dentição

Além de danificar a estética do sorriso, afetando a autoestima e confiança dos indivíduos, as dentições tortas ou as arcadas dentárias desalinhadas podem gerar o mau funcionamento de atividades essenciais para o organismo, como a mastigação, a respiração e a fala. Sendo isso, ao perceber problemas ortodônticos, é importante fazer uso de algum tipo de aparelho ortodôntico por meio do plano de saúde dentário.

Nesse sentido, pode ser escolhido o aparelho transparente, que tem ganhado cada vez mais adeptos nos consultórios odontológicos do plano de saúde dentário. Com isso, mostra-se necessário conhecer um pouco mais as suas especificidades. Uma delas é a troca de molde, já que o aparelho ortodôntico invisível precisa ser trocado a cada 15 dias no consultório odontológico.

Além do mais, em relação à fabricação, a base do molde do aparelho é realizada a partir das arcadas dentárias do paciente, levando na composição acetato transparente, por isso, assemelha-se bastante com a placa de bruxismo. Enquanto isso, o tempo mínimo de tratamento costuma ser de cinco meses, podendo se estender até quatro anos. Ainda assim, indica-se que o paciente fique com o aparelho por, ao menos, 18 meses.

Quanto ao tempo diário de utilização, o aparelho deve ser usado por, no mínimo, 20h durante todo o dia, mas pode ser retirado para comer, sair para eventos, além de retirar para higienizar a região bucal e o próprio aparelho.

Benefícios ao escolher o aparelho transparente pelo plano de saúde dentário

Por mais que seja benéfico, o aparelho ortodôntico transparente ainda não é recomendado para todos os casos, pois indivíduos que mostram problemas orais como apinhamento (muitos dentes numa curta arcada dentária) necessitam de tratamento ortodôntico mais bruto.

Além do mais, de maneira geral, beneficiários com dentes muito tortos ou desalinhamento grave de mordida precisam usar o aparelho fixo, seja ele o metálico ou o estético. Sendo assim, o aparelho ortodôntico invisível é recomendado para casos mais simples de desalinhamento, capaz de oferecer ao paciente benefícios como:

  • Praticidade para limpar o aparelho;

  • Não afeta a fala;

  • Não machuca os lábios, portanto, não causa ferimentos na boca como o aparelho fixo comum;

  • Facilidade para tirar e colocar o aparelho;

  • Bastante sutileza, não interferindo na aparência da face;

  • Não prejudica a higienização diária da região bucal, pois é possível removê-lo para iniciar a escovação da cavidade interna da boca.

Benefícios ao escolher o aparelho lingual pelo plano de saúde dentário

Como foi mencionado anteriormente, ainda que apresente a mesma estrutura que o aparelho fixo metálico, o aparelho ortodôntico lingual é posicionado atrás das dentições. Dessa maneira, ele fica em contato com a língua e não com os lábios, tornando-se bastante discreto.

Por mais que o aparelho ortodôntico lingual seja a alternativa mais sutil entre todos os procedimentos ortodônticos disponíveis pelo plano de saúde dentário, é importante ressaltar que ele não serve para todos os casos. Em geral, esse aparelho, também chamado de aparelho interno, é indicado para casos simples e de curta duração. Ainda assim, para quem pode iniciar esse tipo de tratamento, existem várias vantagens fornecidas ao paciente, tais como:

  • Possibilita que seja feito um clareamento dos dentes sem que ocorra a retirada do aparelho;

  • Não existe a sensação de estar com lábios maiores, pois o aparelho não projeta os lábios para frente;

  • Os bráquetes do aparelho ortodôntico lingual não ficam evidentes;

  • Facilita a vida do paciente quando ele precisa ir para eventos como casamento e formatura, já que não precisa retirar os bráquetes;

  • Não afeta a autoestima e a confiança do paciente;

  • Possibilita uma visão nítida em relação ao progresso do tratamento nos dentes;

  • Como está em contato com a língua, o aparelho interno não causa feridas na região dos lábios.

Como ocorre a ortopedia funcional pelo plano de saúde dentário

Com o foco de corrigir o posicionamento das dentições ou dos ossos na arcada dentária, o usuário pode escolher entre a ortodontia e a ortopedia funcional dos maxilares e, em alguns casos, a cirurgia bucomaxilofacial. Ainda que a primeira opção seja a mais comum, a segunda apresenta algumas vantagens importantes e deve ser levada em conta na hora da decisão caso tenha ocorrido a contratação do plano de saúde dentário.

A ortopedia funcional dos maxilares é uma maneira de corrigir o posicionamento sem dor e sem prejudicar as raízes dos dentes permanentes e os ossos que fazem o sustento da arcada dentária. Dessa forma, a ausência de dor é um dos maiores benefícios nesse tratamento, pois não é feito o uso de força que não seja natural da região bucal.

Em casos de diagnóstico de alteração no funcionamento da cavidade bucal pelo plano de saúde dentário, o paciente pode começar a ortopedia funcional dos maxilares. De maneira geral, as pessoas notam a necessidade de tratamento quando possuem reflexos na boca como estalos e dores durante a mastigação, percebem uma atividade mastigatória ruim ou apenas de um lado, mastigação com a boca aberta e dificuldade para triturar os alimentos.

Nesse quesito, é importante ficar atento aos motivos para buscar essa especialidade da odontologia no plano de saúde dentário, que são o crescimento insuficiente ou em excesso da mandíbula, existência de estalos ou problemas na articulação temporomandibular (ATM), espaço insuficiente para as dentições permanentes na arcada dentária e o apinhamento dos dentes de leite ou ao longo da troca de dentição.

Aparelhos na ortopedia: como funcionam?

Durante a ortopedia funcional dos maxilares pelo plano de saúde dentário, o usuário faz utilização de aparelhos móveis e soltos inseridos na boca, tanto na parte superior quanto inferior. Especialistas acreditam que a idade adequada para começar o procedimento é entre os 2 e 3 anos, mas é possível cuidar de problemas funcionais nos maxilares ainda na fase adulta. Por outro lado, essa técnica é mais comum em crianças e adolescentes, pois o crescimento ósseo ainda vai ocorrer, por isso os estímulos promovidos pela ortopedia podem ajudar no desenvolvimento adequado da região bucal.

A ortopedia funcional dos maxilares trabalha com o princípio de que o corpo humano pode gerar as forças essenciais para o seu bom funcionamento. Dessa forma, o aparelho usado, por ser removível, exerce uma força passiva e de baixa intensidade, a fim de estimular os nervos sensoriais da boca para que o sistema responda aos comandos com a remodelação dos músculos e ossos. Nesse sentido, quem não se interessa pela ortopedia funcional dos maxilares pode escolher a ortodontia com o plano de saúde dentário, que também possibilita a harmonia desejada dos arcos dentários, promovendo uma melhor a qualidade de vida ao paciente.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba